Work-Life Balance na Advocacia

Atualizado: Jan 6


O equilíbrio entre a vida profissional e pessoal é determinante para um Advogado permanecer saudável e envolvido no seu trabalho.



Claro que esse equilíbrio tem significados diferentes para cada um de nós. Para uns, trabalho é vida. Para outros, o trabalho é óptimo e passar tempo com a família e com os amigos é vital. Por isso, importa descobrir o que é importante para si antes de tentar definir o seu significado de equilíbrio.


Neste artigo, abordaremos:

1. A importância do equilíbrio; e

2. Como encontrar este equilíbrio.


A importância do equilíbrio


Actualmente, é difícil distinguir o que é a vida pessoal da vida profissional, designadamente porque as novas tecnologias nos permitem levar o trabalho para casa e a casa para o escritório.

Conseguir o equilíbrio é difícil, mas, se vacilar, as consequências passarão, certamente, por:


· Fadiga: produtividade e clareza diminuem à medida que o sono diminui. Como Advogado, precisa definitivamente de clareza, produtividade e tudo o mais que vem de uma noite bem descansada;

· Desperdício de tempo: se não se conseguir organizar, permanecerá com a sensação de estar enrolado num novelo e sentir-se-á, permanentemente, a correr atrás dos prazos. O tempo que se dedica a relaxar, pintar, escrever um romance, viajar ou desfrutar de uma boa refeição em família também é tempo valioso e que o ajuda a ter foco e concentração para rentabilizar as horas de trabalho;

· Excessos: quando afirma que não tem limites, que trabalha em casa à noite e durante o fim-de-semana, os outros acreditam em si. Isso significa prazos mais agressivos e mais desafios para encontrar o equilíbrio;

. Riscos de saúde: embora o stress por si só não mate, os seus efeitos podem fazê-lo. O stress aumenta o risco de ansiedade, depressão, abuso de substâncias, doenças cardiovasculares e afecta negativamente o sistema imunológico.


Como encontrar o equilíbrio?


No escritório:

  • Crie uma rotina. Defina limites de tempo para tarefas únicas, como responder a emails. Não faça essa tarefa fora do horário definido. Faça o mesmo para actividades de lazer ou exercício físico. Rotinas e planeamento escrito ajudam a gerir melhor o stress, as tarefas e o tempo.

  • Minimize as interrupções. As interrupções conduzem a maior sobrecarga de trabalho, mais stress, níveis mais elevados de frustração e maiores pressões de tempo. Estabeleça regras junto daqueles que trabalham consigo e encontre a sua distraction-free zone.

  • Defina limites. É difícil, mas crucial. Se não quiser trabalhar depois das 18h, não agende (nem deixe que agendem) reuniões para as 17h30. E, às 18h, arranque do escritório. Na ausência de uma verdadeira emergência, mantenha-se firme, diga «não».

  • Cumpra. Após definir a sua rotina e limites, orgulhe-se em segui-los. Proteja o tempo que reivindicou para si mesmo.


Em casa:

  • Desligue. Quando sair do escritório, silencie as notificações do telemóvel ou desconecte-se completamente. Descontrair do seu dia sem se preocupar em estar on é catártico.

  • Mude de roupa. Substituir a roupa de escritório por algo mais confortável transmite, de facto, uma mensagem ao seu cérebro e ajuda-o a sair do “modo trabalho”.

  • Tome conta de si. Certifique-se de que come bem, faz exercício, relaxa, medita, lê, diverte-se, dorme o suficiente. Descomprimir depois de um dia de trabalho é mais importante do que pensa. Saúde e felicidade são a base para o equilíbrio entre vida profissional e pessoal.

  • Verifique menos os emails. Verifique as caixas de email algumas vezes por dia e não se sinta obrigado a responder imediatamente. Defina um horário para verificar e responder aos emails (início e final do dia, por exemplo).


Encontrar equilíbrio leva tempo


Equilíbrio entre trabalho e vida pessoal não acontece da noite para o dia. É um processo contínuo que mudará conforme mudem, igualmente, as suas prioridades.

Por isso, não queira mudar tudo de um dia para o outro, antes certifique-se de que vai introduzindo pequenas, mas determinantes, alterações a cada semana.